Condenados: Suziane e Mohamed em regime fechado ambos a 38 anos.

Após mais de 12 horas de julgamento, a sentença foi dada. Suziane e Alessandro foram condenados pelas mortes de Kawany e Rubens, casal de Goioerê que desapareceu no dia 3 de agosto de 2020.

Ela foi condenada a 38 anos de reclusão, a serem cumpridos inicialmente em regime fechado, enquanto ele foi condenado a 38 anos e 4 meses anos de prisão, também cumprindo inicialmente em regime fechado.

Os jurados entenderam que Suziane arquitetou e Mohamed executou a morte de Kawany e Rubens, com as qualificadoras de motivo torpe, que seria a vingança, pelo fato de Suziane suspeitar que o casal denunciou o seu marido por tráfico de drogas, e por terem agido de maneira a dificultar a defesa das vítimas, conforme foi defendido pelo promotor de justiça Guilherme Franchi.

A defesa havia apresentado a tese de negativa de autoria, argumentando que Kawany e Rubens tinham muitos inimigos que poderiam ter atentado contra a vida do casal, frisando que não havia provas nos autos que incriminassem Suziane e Mohamed, no entanto os jurados não acataram esses argumentos.

Suziane e Mohamed, que já estavam presos, continuarão no regime fechado, sendo que ambos já têm condenação por tráfico de drogas. via: goonews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.