Goioerê

Goioerê terá um presídio feminino referência em todo Paraná , diz “Reginaldo Peixoto” Diretor geral do Deppen

O sonho de construir um presídio feminino em Goioerê está prestes a se tornar realidade. Em uma visita realizada na manhã desta terça-feira, a equipe do Departamento de Polícia Penal do Estado do Paraná (Deppen) conferiu de perto o trabalho destacado da gestora da cadeia pública de Goioerê , Janaina Montenegro.

Durante a reunião com o prefeito Betinho Lima, o diretor-geral do Deppen, Reginaldo Peixoto, anunciou que o projeto estrutural do novo presídio feminino já foi concluído e aprovado. “Estamos trabalhando no cumprimento de algumas exigências legais para que possamos licitar o projeto”, explicou Peixoto.

A expectativa é que o projeto seja licitado ainda neste ano. Com um investimento de R$ 27 milhões, a nova unidade será capaz de atender cerca de 280 mulheres, tornando-se a segunda unidade no Paraná totalmente adequada às necessidades das detentas. “O presídio que está sendo projetado para Goioerê será uma referência para todo Paraná”, destacou Peixoto.

Além das instalações comuns, o presídio de Goioerê contará com um atendimento especializado para mulheres, incluindo a implantação de uma maternidade dentro do espaço prisional. “Essa iniciativa é fundamental para atender às necessidades específicas das detentas, proporcionando um ambiente mais humano e adequado”, ressaltou o diretor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *