Cerca de 150 servidores aposentados da prefeitura serão desligados no dia 1° de setembro.

A exoneração de mais de 150 servidores municipais efetivos que já se aposentaram irá trazer um alívio para as contas da Prefeitura de Goioerê, em especial no que diz respeito ao porcentual de gastos com a folha de pagamento, que está no limite prudencial.

Com a substituição dos funcionários antigos por funcionários novos, que serão contratados através do concurso que está sendo realizado, estima-se que os gastos da Prefeitura de Goioerê terão uma redução de aproximadamente R$ 700 mil por mês.

Os servidores serão exonerados na data de 31 de agosto, devendo ser comunicados previamente. A partir do dia 18 de agosto a Prefeitura começará a chamar os aprovados no concurso público que está sendo realizado.

PREPARAÇÃO

A possibilidade de exoneração de servidores aposentados pelo regime geral do INSS é prevista em lei, mas só foi sacramentada pelo Supremo Tribunal Federal em junho do ano passado. Desde então a Prefeitura de Goioerê estava se preparando financeiramente para pagar todos os direitos trabalhistas daqueles que serão desligados. Estima-se que os gastos com as rescisões fiquem em torno de R$ 6 milhões.

Na reunião em que foi feito o anúncio, o prefeito Betinho Lima frisou que esse desligamento não é uma vontade sua, mas uma condição para melhorar as contas da Prefeitura, “que infelizmente chegou no nosso tempo e tivemos de agir”.

O presidente da Câmara Municipal, Professor Paraíba, frisou que é muito importante o fato de que a |Prefeitura tenha se preparado e agora ter o dinheiro para pagar à vista a todas as rescisões trabalhistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.