Goioerê

Engenheiro apresenta detalhes sobre restauração da PR-180 em concreto; obras iniciam em fevereiro.

Engenheiro apresenta detalhes sobre restauração da PR-180 em concreto; obras iniciam em fevereiro
O engenheiro Jordão Barbosa, representando a Construtora Luiz Costa, responsável pela execução do serviço, apresentou detalhes sobre o ambicioso projeto de restauração em concreto e ampliação da capacidade da PR-180, que liga Goioerê a Quarto Centenário. Acompanhado pelo prefeito Betinho Lima, o engenheiro apresentou detalhes sobre o projeto durante uma reunião com a imprensa local.
Essa iniciativa faz parte do inovador programa de governo denominado Paraná Concreto, que visa a implantação e restauração de pavimentos em concreto em rodovias de todas as regiões do estado. Essa será a terceira intervenção do Governo do Paraná utilizando a técnica whitetopping, que reutiliza o pavimento asfáltico existente como base para o novo pavimento rígido de concreto, sendo a primeira fora da região Sudoeste.
O investimento estimado é expressivo, totalizando R$ 72.650.378,14, financiado pelo Tesouro do Estado. Essa quantia será direcionada para atender um trecho de 11,13 quilômetros entre os municípios. O engenheiro destacou que os trabalhos estão programados para iniciar na segunda quinzena de fevereiro, com as primeiras etapas focadas em drenagem e na remoção de árvores que se encontram no trajeto da nova rodovia. A previsão é de que todos os serviços sejam concluídos em 12 meses.
Os trabalhos ocorrerão do km 217,02 em Goioerê até o km 228,15 em Quarto Centenário. O pavimento atual passará por um processo de fresagem e reperfilagem para preparar a base para as novas placas de concreto, as quais terão uma espessura de 21 centímetros. As faixas de rolamento serão expandidas dos atuais 3,20 metros para 3,60 metros cada, incluindo as novas terceiras faixas, que visam resolver pontos críticos como congestionamentos de veículos pesados e ultrapassagens irregulares.
Os acostamentos também passarão por melhorias, com largura de 2,50 metros em ambos os lados da rodovia, utilizando pavimento rígido de concreto com placas de 15 cm de espessura. O prefeito Betinho Lima ressaltou a durabilidade do pavimento rígido de concreto, mencionando que este apresenta uma vida útil de 20 anos, o dobro em comparação ao pavimento asfáltico flexível, além de outras vantagens, como menor necessidade de conservação a curto prazo.
A restauração em concreto da PR-180 representa um passo significativo para melhorar a infraestrutura rodoviária na região, proporcionando não apenas benefícios imediatos, mas também garantindo uma maior durabilidade e eficiência ao longo dos anos. O início das obras em fevereiro marca o compromisso do governo em investir na modernização das rodovias paranaenses, promovendo segurança e fluidez no trânsito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *