Paraná

Homem que incendiou escola por ciúmes da namorada de 14 anos é denunciado

O Ministério Público do Estado do Paraná (MP-PR) ofereceu denúncia contra o rapaz, de 23 anos, suspeito de causar um incêndio em uma escola, em Itaúna do Sul, no noroeste do Paraná, por ciúmes da namorada. Segundo a investigação, o homem não gostava que a companheira, de 14 anos, frequentasse o local.

O MP-PR sustenta que o rapaz praticou crime previsto no Código Penal (Art 250 – causar incêndio, expondo a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outrem), com a agravante do motivo fútil.

Incêndio em escola por ciúmes
De acordo com as apurações do caso, o ato criminoso, praticado durante a noite do dia 8 de abril, no Colégio Estadual Machado de Assis, teria sido motivado por ciúmes. O acusado não queria que a namorada, uma adolescente que era aluna do estabelecimento, fosse ao colégio. O incêndio provocou grande destruição do local e privou mais de 200 alunos de frequentarem as aulas.

Foram danificadas salas de aula, laboratórios e grande parte da estrutura do colégio. Pouco antes do crime, o suspeito foi flagrado em um posto de combustíveis com um galão de gasolina. Após o incêndio foi encontrado um recipiente que deve ter sido usado pelo rapaz.

No dia 12 de abril, na mesma semana do incêndio na escola, a Polícia Civil do Paraná (PCPR) localizou e prendeu o suspeito de 23 anos.

Via: Ric.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *