Paraná

Jovem atacada por ácido no Paraná , só chorava e chamava a mãe , diz comerciante.


A jovem que foi atacada com ácido em Jacarezinho, no Paraná, “só chorava e chamava pela mãe”, segundo o cabelereiro Décio Silva. Segundo o homem, Isabelly Ferreira pediu ajuda logo após ser atingida. Ele a colocou dentro do carro e a levou até uma Unidade de Pronto Atendimento da cidade. “Ela não conseguia falar, só falava ‘mãe’”, relatou Silva. “Ela estava com a mão no rosto e ela jogava muito líquido para fora, e aquele odor de soda cáustica. Se é, eu não sei”, disse. A princípio, a suspeita é de que um homem de peruca loira, que foi flagrado por câmeras de segurança, possa ter envolvimento com o ataque com ácido.

Via:PPNews FB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *