Mulher é presa após fazer uso de cocaína e amamentar filho de 35 dias; criança passou mal e chegou a ficar desfalecida

A equipe da Polícia Civil de Capanema recebeu informação do Conselho Tutelar na tarde desta sexta-feira (06), de que uma criança com 32 dias de vida estaria em atendimento médico de urgência no posto de saúde, devido o fato da mãe tê-lo amamentado após fazer uso de substância entorpecente.

A equipe da Polícia Civil foi até o posto de saúde, tendo requisitado a entrega do prontuário médico e conversado com a equipe que prestou atendimento à criança.

A equipe médica, ouvida pelo delegado de polícia, esclareceu que a criança chegou a unidade de saúde desmaiada (desfalecida), tendo sido necessário atendimento emergencial para que recuperasse a consciência. Verificou-se também grande quantidade de assaduras e má higienização na criança. 

Os atendentes informaram ainda, que a mãe disse que teria feito uso abusivo da droga (cocaína)  e posteriormente, teria amamentado seu filho, o qual começou a passar mal logo em seguida.

Diante da situação de flagrante delito, a equipe policial realizou buscas a suspeita, tendo sido localizada e detida. Na residência da investigada foi encontrada, ainda, pequena quantidade da substância popularmente conhecida por “maconha”.

Ouvida perante autoridade policial, a suspeita confessou o uso de drogas e posterior amamentação da criança, tendo afirmado em sua defesa que “não sabia que isso faria mal a seu filho”.

A investigada já foi presa meses atrás pelo crime de tráfico de drogas, tendo sido liberada por decisão judicial pelo fato de estar grávida, a fim de que cuidasse de seu filho.

A suspeita encontra-se detida no setor de carceragem temporário anexo da 59ª DRP de Capanema, aguardando deliberação judicial.

CGN

Leave a Reply

Your email address will not be published.