Paraná

Mulher que atacou jovem com ácido é presa em Jacarezinho

Suspeita usava uma peruca loira para evitar ser reconhecida durante o atentado

A Polícia Militar do Paraná prendeu a mulher que atacou com ácido a jovem Isabelly Aparecida Ferreira Moro, de 23 anos, que ficou em estado grave em Jacarezinho, no norte do Paraná, na tarde de quarta-feira (22). 

Segundo a PM, a suspeita foi localizada na madrugada desta quarta-feira (24), às 5h. Os agentes de segurança foram mobilizados para atender a infratora que disse estar sendo perseguida por quatro homens.

Os relatos despertaram a suspeita dos militares, tendo em vista que a infratora estava escondida em matagal desde a tarde de quarta, período em que aconteceu o crime.

Quando questionada, a criminosa confessou ter praticado o atentado. Ela contou ter sido motivada por ciúmes do ex-companheiro, o qual, supostamente, segundo ela, tinha uma relação com Isabelly.

Mistura de soda cáustica com água

A suspeita relatou que a substância utilizada era uma mistura de soda cáustica com água. Ela trazia consigo uma calça, que teria sido utilizada no momento do crime, e um celular. Isabelly está internada por ter o rosto, a região do peito e a boca queimados.

A infratora informou que jogou a peruca utilizada durante a prática do delito em meio ao matagal. Os policiais realizaram buscas, porém não conseguiram encontrar o item.

A mulher foi detida e encaminhada para a delegacia de polícia de Jacarezinho.

Autora do ataque usava peruca como disfarce

A Polícia Civil divulgou as imagens que mostram que a suspeita usava uma peruca loira para evitar ser reconhecida. 

Segundo o Portal da Cidade Jacarezinho, a vítima ingeriu parte do ácido e foi encaminhada por um morador ao pronto socorro municipal. 

Câmeras mostram o atentado

Após ser atingida, a jovem correu e pediu ajuda para populares. A funcionária de um bar localizado nas proximidades encontrou uma sacola preta e um copo molhados em via pública, itens que podem ter sido utilizados pela criminosa.

A Polícia Militar apreendeu a sacola e o copo, objetos encaminhados à delegacia da Polícia Civil. Em nota, a Polícia Civil disse que testemunhas estão sendo ouvidas e imagens analisadas.

Via: Catve.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *