segunda-feira, julho 15, 2024
Goioerê

Em Goioerê, diretor da Polícia Penal conhece terreno onde será construído presídio feminino.

O diretor da Polícia Penal do Paraná, Osvaldo Messias Machado, esteve em Goioerê nesta quinta-feira, oportunidade em que fez uma visita in loco à área de terra onde será construído o presídio feminino da cidade.
O terreno, que fica às margens da BR-272, próximo ao Distrito de Jaracatiá, foi doado ao Governo Estadual pelo município e sua posição estratégica foi muito elogiada pelo diretor da Polícia Penal.
“Um terreno muito bem localizado e estrategicamente próximo à rodovia. Isso facilita muito, inclusive eventual transporte de presas para audiências e outros procedimentos”, destacou Machado.

O prefeito Betinho Lima cita que a construção do presídio feminino de Goioerê, é uma aspiração antiga da população local, sobretudo de diretores, professores e pais de alunos, que estudam nas escolas próximas da atual Delegacia de Polícia, que abriga um número considerável de presas.

De acordo com ele, a construção do presídio está sendo apresentada como alternativa para o problema. “É isso mesmo. Com o presídio nessa área, haverá mais segurança para as escolas e também moradores da região da delegacia. Estamos resolvendo um problema de muitos anos”, comenta.

O prefeito comenta que a efetivação do presídio em Goioerê, serão mais de 3 mil metros quadrados de construção, com o presídio tendo capacidade para 250 detentas. Hoje, cerca de 90 mulheres estão presas na Cadeia Pública de Goioerê.
MAIS SEGURANÇA: – O prefeito Betinho lembra ainda que com o presídio na cidade, mais policiais estarão circulando pelas ruas da cidade e mais viaturas estarão presentes no município. “Isso vai nos garantir mais sensação de segurança e ainda gerar emprego, pois muitos policiais vão morar na nossa cidade, gastando no comércio e ajudando a nossa economia”, comenta ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *