Em uma semana, Goioerê registrou duas mortes provocadas por atropelamento

A morte de Claudelaine Mota Cavalcante, 44 anos, ocorrida ontem, quinta-feira, 22, vítima de um acidente quando estava pedalando e foi colhida por um veículo Fiat Uno, na Rua Carlos Scarpari, do Jardim Primavera sentido a Vila Guaíra, foi a segunda morte por atropelamento em Goioerê ocorrida em uma semana.

Na última quinta-feira, 15, o senhor Odário, de 63 anos de idade, morreu na hora ao ser atropelado por uma moto de cor vermelha quando caminhava na Rua João de Oliveira Dias esquina com Moisés Lupion. O condutor da moto evadiu-se do local, sem prestar atendimento.

O tenente Gabriel Ferreira, comandante da 2ª Cia de Goioerê, lembra que os acidentes de trânsito, são o que mais mata no Brasil.
COMO FOI O ACIDENTE QUE VITIMOU CLAUDELAINE

Segundo o condutor do Fita Uno, um rapaz de 26 anos, ele estava conduzindo o veículo da empresa a qual trabalha, e que estava em deslocamento para o serviço pela Rua Carlos Scarpari, do Jardim Primavera, sentido a Vila Guaíra e que próximo a Madeireira a mulher também segui de bicicleta, no mesmo sentido, e quando se aproximou da bicicleta, a mulher não percebeu que o veículo estava próximo e entrou para o meio da rua, sendo que nesse momento o condutor não conseguiu desviar vindo a bater na bicicleta e atropelar a referida mulher.

O motorista chamou o Samu, que a encaminhou para o Pronto Atendimento de Goioerê, onde segundo a equipe de plantão, a mesma estava sendo entubada e transferida para um hospital de Campo Mourão, com traumatismo craniano, e não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito.

Via: Tribuna da Região

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.