FOTOS: Desabamento na UEM deixa 5 feridos; veja imagens do resgate

Dos cinco feridos, três ficaram presos nos escombros que caíram quando as escoras não suportaram a sustentação

Neste sábado (25), cinco pessoas ficaram feridas após desabamento de uma laje, na Universidade Estadual de Maringá (UEM), noroeste do Paraná. Todas trabalhavam na obra de uma futura agência bancária, quando o acidente aconteceu. Três operários ficaram presos nos escombros.

Neste sábado (25), cinco pessoas ficaram feridas após desabamento de uma laje, na Universidade Estadual de Maringá (UEM), noroeste do Paraná. Todas trabalhavam na obra de uma futura agência bancária, quando o acidente aconteceu. Três operários ficaram presos nos escombros.

Por volta das 12h, o Corpo de Bombeiros ainda trabalhava na retirada do último ferido, que permanecia com parte do corpo preso. Médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fizeram o acompanhamento. Confira a galeria de fotos do resgate:

As vítimas foram encaminhadas aos hospitais Bom Samaritano e Universitário. Em nota, a UEM afirmou estar acompanhando o estado de saúde dos trabalhadores. Leia na íntegra:

Na manhã de hoje (25) houve um acidente na obra do Bloco Q-07, no câmpus sede da Universidade Estadual de Maringá, nas proximidades da esquina da Avenida Colombo com a Rua Ardinal Ribas, em Maringá. A universidade lamenta profundamente o ocorrido.
Houve cinco vítimas, nenhuma fatal, que foram prontamente atendidas pelo Corpo de Bombeiros. Elas estão conscientes, estáveis e foram encaminhadas para o Hospital Samaritano. A UEM acompanha os estados de saúde das pessoas e está à disposição.
Segundo as primeiras informações recebidas pela Administração Central, no momento da concretagem da última laje, ainda vazia, as escoras não aguentaram e o conjunto de caixaria e ferragem ruíram. O Bloco Q-07 é local das futuras instalações da Caixa Econômica Federal e da Diretoria de Material e Patrimônio da universidade.

A universidade fica na zona norte da cidade e o acidente aconteceu entre a Avenida Colombo e a Rua Dep. Ardinal Ribas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.