segunda-feira, julho 15, 2024
Paraná

Monitor teria oferecido drogas em troca de sexo em clínica no Paraná.

O pai de uma jovem que estava internada em uma clínica de reabilitação em Mauá da Serra, no norte do Paraná, procurou a Polícia Militar (PM) e denunciou que um dos monitores do espaço ofereceu drogas para a filha, em troca de sexo.
A filha contou para o pai que monitor ofereceu drogas para ela no último dia 9, porém, para entregar o entorpecente ela deveria manter relações sexuais com o homem.

A jovem, de 20 anos, afirmou que no dia 10 de janeiro se encontrou com o monitor e se relacionou com ele. Uma testemunha confirmou toda a história. Nesta segunda-feira, 30, buscar a filha na clínica, descobriu o que havia acontecido, então chamou a PM.

A polícia repassou que um outro profissional da clínica disse que o monitor tinha confessado toda a situação. De acordo com a PM, o suspeito não foi encontrado. A Polícia Civil de Marilândia do Sul vai investigar o caso. A reportagem tenta contato com a clínica.

Com informações do TNOnline.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *