Paraná

“Não vai acabar com a beleza da minha filha”, diz mãe de jovem atacada com ácido


A mãe da jovem Isabelly Ferreira, Regiane Ferreira, falou sobre o ataque com ácido sofrido pela filha na última quarta-feira (22), em Jacarezinho, no norte do Paraná. A suspeita foi presa na manhã desta sexta-feira (24).
Isabelly Ferreira pediu socorro para a mãe quando foi atacada (Foto: Reprodução / Redes Sociais)
Em entrevista para a RICtv, Regiane contou sobre o impacto que o ataque pode provocar na filha futuramente. “Vai ser muito difícil para ela. Mas minha filha continua linda e perfeita como Deus fez. De forma nenhuma vai afetar a beleza dela”, desabafou a mãe.

Além disso, a mãe da jovem atacada com ácido revelou que a filha ligou para ela antes de entrar em coma. “Ela falou: ‘Mãe, me queimaram, jogaram um negócio em mim. Me ajuda’. Quando cheguei lá já estava totalmente machucada e não deu mais tempo de conversar com ela”, contou.
Posteriormente, Ferreira contou sobre os relatos das pessoas que socorreram a filha de que ela gritava pela mãe enquanto pedia socorro. “É complicado. Nós fazemos filhos para o mundo e nem sempre estamos juntos. É difícil saber que fizeram isso com um filho seu”
A mulher presa após confessar o ataque à jovem Isabelly Ferreira com ácido em Jacarezinho, no Norte do Paraná, afirmou à Polícia Militar que cometeu o crime por ciúmes. Segundo o relatório do PM desta sexta-feira (24), a suspeita relatou que a vítima teve uma relação com o ex-marido dela
Mulher presa por ataque com ácido confessou crime por ciúmes (Foto: Redes Sociais/ PMPR)
De acordo com a suspeita, ela teria usado uma mistura de soda cáustica com água para o ataque contra Isabelly. A vítima, de 23 anos, estava perto da academia onde treina quando foi surpreendida. A jovem teve queimaduras, foi socorrida por populares e levada para atendimento médico em Jacarezinho. Devido à gravidade dos ferimentos, Isabelly foi transferida para o Hospital Universitário de Londrina.
Ric mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *