Paraná registra mais de 28 mil casos de violência doméstica no 1º semestre de 2022.

Dados são da Sesp. Vítima que sofreu agressões de ex-marido reforçou que mulheres denunciem e busquem ajuda: ‘Não é melhor deixar para lá’.

O Paraná registrou mais de 28 mil casos de violência doméstica nos primeiros seis meses de 2022, conforme dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp). No mesmo período, números do Tribunal de Justiça (TJ-PR) mostram que mais de 20 mil medidas protetivas de urgência foram solicitadas no estado.

Uma das vítimas do crime que preferiu não se identificar contou à RPC que chegou a retirar uma queixa após ser agredida pelo ex-marido, mas percebeu a importância da denúncia quando a violência não chegou ao fim.

“Eu queria deixar uma mensagem para todas as mulheres que vem passando por isso porque não é uma situação fácil. A gente tem medo, a gente fica insegura. Eu sei que muitas pessoas vão falar para você deixar para lá. E não é melhor deixar para lá porque você merece atenção e a justiça vai te dar atenção, porque ela está do seu lado.”

via: G1Paraná

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.