Policial Militar em surto mata 8 pessoas e tira a própria vida em Toledo.

TRAGÉDIA!
Policial militar em surto mata oito pessoas e tira a própria vida em Toledo e Céu Azul
O policial militar Fabiano Junior Garcia, lotado no 19º BPM (Batalhão de Polícia Militar), matou oito pessoas, dentre elas seus três filhos, e tirou a própria vida. A tragédia aconteceu entre a noite de quinta (14) e a madrugada de sexta-feira (15), nas cidades de Toledo e Céu Azul, no Oeste do Paraná.

Conforme o que foi apurado pela reportagem do Portal CATVE, o soldado Garcia cumpriu plantão até por volta de 19h. Após deixar o batalhão, ele foi até Céu Azul, em uma propriedade na área rural, onde matou a tiros dois de seus filhos, sendo um menino de 4 anos e uma menina de 9. No sítio moram os tios das crianças, mas nenhuma outra pessoa foi ferida.

Os corpos das duas crianças foram encaminhados ao IML (Instituto Médico-Legal) de Cascavel. Informações apuradas pela reportagem dão conta de que elas foram executadas com tiros na cabeça, disparados à queima-roupa.

Em seguida, o policial retornou a Toledo, onde continuou com a chacina. Ele tirou a vida de outra filha, da mãe e do irmão, além de outras duas pessoas que estavam em via pública. As mortes aconteceram na Rua Paraíba, na Vila Paulista, e na Rua Getúlio Vargas, na Vila Boa Esperança

Garcia, então, foi até a Rua Rui Barbosa, região central de Toledo, na casa onde morava com a esposa e também a assassinou a tiros. Em seguida, ele cometeu suicídio no seu automóvel, um Chevrolet Astra, que foi apreendido e encaminhado ao pátio da 20ª SDP (Subdivisão Policial). Fabiano Junior Garcia estava na Polícia Militar desde 2010 e era tido pelos colegas como um cara “tranquilo”.

segundo informações do Portal da Cidade de Céu Azul ele estava depressivo e não aceitava o fim do relacionamento.(Ferreira Júnior)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.