CURITIBA

Troco de 27 reais motivou discussão que acabou na morte de dono de lanchonete, diz delegada

A discussão que terminou com a morte do dono da lanchonete Antônio Gregório de Almeida, de 62 anos, em Curitiba, começou por causa de um troco de R$ 27, segundo a delegada Camila Cecconello. A informação foi confirmada pela Polícia Civil durante o depoimento de testemunhas nesta segunda-feira (20).

Testemunhas prestaram depoimento nesta segunda-feira (20) (Foto: Marcelo Borges / RICtv / Redes Sociais)

Conforme a delegada, o motoboy e suspeito do crime, trabalha na lanchonete da vítima há pelo menos quatro anos. A discussão começou por causa do troco de uma cliente.

“Eles iniciam uma discussão ainda mais acalorada, até que o autor acaba empurrando a vítima com as duas mãos e a vítima acaba caindo ao solo. Com a queda, a vítima acabou machucando, batendo a região da cabeça e entrando em óbito devido a esse traumatismo craniano”, disse Cecconello.

Um vídeo com imagens de uma câmera de segurança da lanchonete de Antônio Gregório de Almeida, de 62 anos, que morreu no local neste domingo (20), flagrou o momento em que o empresário e um motoboy discutem. Antônio foi empurrado pelo motoboy, conforme relatos de testemunhas. Na queda, ele bateu a cabeça e não resistiu aos ferimentos. Ele morreu vítima de um traumatismo crânioencefálico.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), responsável pela investigação do caso, analisa as imagens. Nelas, o motoboy suspeito de empurrar Antônio troca algumas palavras com o empresário na porta do comércio. Ambos entram e, segundos depois, testemunhas que estão do lado de fora, bem como o próprio motoboy, se movimentam em direção ao local onde o dono da lanchonete estaria caído.

Via: Ric Mais

Hora News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *