Corpo encontrado partido ao meio pode ser de rapaz que saiu de Tapejara para vir a Goioerê.

A Polícia Militar não confirmou se tratar do morador de Tapejara desaparecido a mais de 50 dias, Luiz Eduardo Félix de 29 anos desaparecido desde o dia 16 de maio deste ano. Populares que estiveram no local disseram se tratar da mesma pessoa pelas vestimentas e cabelo cumprido.

A equipe da Polícia Militar recebeu na tarde desta sexta-feira (08), informações anônimas de que na estrada Água da Onça, mais precisamente no aterro da usina teria sido localizado o corpo de uma pessoa.

Ao chegar ao local, não foi possível a identificação por parte dos policiais devido ao estado avançado de decomposição. O mesmo estava vestido de calça jeans azul de botas e uma blusa branca suja, e o corpo estava dividido em duas partes, não sendo possível saber se foi durante o assassinato ou se algum animal teria partido o corpo ao meio durante a decomposição.

A equipe isolou o local até a chegada do IML e da Polícia Cientifica, e após os procedimentos o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Umuarama para exames e identificação através de DNA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.