terça-feira, julho 16, 2024
Paraná

Suspeito de matar jovem no Paraná diz que deu facada para se defender, afirma delegado.

Polícia acredita que Natan Henrique Gomes Ananias cometeu crime ao tentar roubar o celular da vítima. Defesa diz que ‘provas vão mostrar a verdade dos fatos’.
O jovem suspeito de matar Samantha Campana, de 23 anos, em Maringá, no norte do Paraná, prestou depoimento à Polícia Civil e disse que esfaqueou a vítima para se defender. O ataque foi flagrado por câmeras de segurança. Veja o vídeo acima.

Ela morreu no domingo (29) e o rapaz foi preso dois dias depois.

Segundo a Polícia Militar, Natan Henrique Gomes Ananias, de 21 anos, desferiu uma facada no peito de Samantha ao tentar roubar o celular dela. O caso foi no calçadão do Mercado Municipal, na região central, e é tratado como latrocínio.

Em nota, a defesa de Natan Henrique Ananias informou que “buscará provas para demonstrar a verdade dos fatos”.
Depoimento
De acordo com o delegado Luiz Henrique, responsável pelo caso, o suspeito deu uma versão diferente da PM. Ele negou a tentativa de roubo e disse que, como conhecia Samantha, parou para pedir R$ 50 emprestado dela.

Conforme o delegado, o dinheiro seria usado para comprar leite para o filho do suspeito. No depoimento, ele disse que Samantha e o amigo dela pegaram um canivete e partiram para cima dele, momento em que teria esfaqueado a vítima.
Samantha trabalhava como garçonete em um restaurante do município.

A vítima estava acompanhada de um amigo. Ela foi socorrida em estado grave e levada para o Hospital Universitário (HU) de Maringá, onde morreu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *